Transporte de produtos, matéria-prima e equipamentos: você sabe qual caminhão é mais adequado para cada um?

09/04/2020 Imagem destaque

Garantir o meio ideal para o transporte de produtos é imprescindível, não só para garantir a integridade dos itens movimentados, mas também a segurança de quem lida com suas etapas logísticas e toda a viabilidade da operação! 

Por meio do caminhão ideal, as mercadorias são submetidas ao melhor padrão de acondicionamento, fazendo com que o motorista não enfrente problemas até entregar a carga ao seu destino e que os itens se mantenham livres de danos. 

A seguir, fique por dentro das características básicas dos principais modelos de caminhões voltados ao transporte de produtos e veja qual é o tipo de item mais adequado para cada um deles. Continue a leitura!

Quais os principais tipos de caminhões e qual o transporte de produtos mais indicado para cada?

Conhecer os principais detalhes dos modelos mais comuns de caminhões voltados ao transporte de produtos é indispensável para motoristas, transportadoras, contratantes e fornecedores logísticos em geral. 

As peculiaridades de cada veículo existem justamente para sanar as necessidades e demandas específicas de cada tipo de movimentação, afinal, existem cargas de diferentes dimensões, formatos, modelos e demandas!

Confira quais são os caminhões mais comuns no segmento de transporte de produtos, suas características mais marcantes e como eles se adéquam aos seus tipos de mercadorias mais indicados:

VUC – Veículo Urbano de Carga

Voltado para o tráfego em áreas urbanas, o VUC é um veículo de porte menor, com características bem específicas.

Sua largura máxima é de apenas 2,20 metros. Já o comprimento é de até 7,20 metros. São modelos fabricados desde janeiro de 2005 com limite específico de emissão de poluentes e capacidade de carga máxima de 3 toneladas. 

Seu transporte de produtos inclui: 

– Carga frigorífica, observando o uso de baú com as devidas necessidades de refrigeração

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Cargas sensíveis, desde que todos os cuidados de acondicionamento sejam adotados

– Medicamentos, com uso de baú fechado e bem isolado para evitar contaminações. É necessário observar também se há necessidade de refrigeração

– Mudanças, com uso de baú e devidos cuidados com itens frágeis.

Toco – Caminhão Semipesado

O caminhão semipesado, ou apenas toco, é aquele com eixo simples na carroceria, que consiste em um eixo frontal e traseiro com até seis pneus. 

Sua capacidade de carga geralmente é de até 6 toneladas, o comprimento de até 14 metros e o peso bruto máximo de 16 toneladas. 

Entre os tipos de carga mais indicados para ele, destacam-se: 

– Carga frigorífica, observando o uso de baú com as devidas necessidades de refrigeração

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Cargas sensíveis, desde que todos os cuidados de acondicionamento sejam adotados

– Medicamentos, com uso de baú fechado e bem isolado para evitar contaminações. É necessário observar também se há necessidade de refrigeração

– Mudanças, com uso de baú e devidos cuidados com itens frágeis.

Infográfico Como otimizar o prazo de entrega sem aumentar o custo da logística

Truck – Carro Trucado

O carro trucado é aquele com eixo duplo em sua carroceria. Chamado também de caminhão 6×2, ele conta com eixos acoplados que aumentam a capacidade de carga sem diminuir o desempenho. 

A força do motor é direcionada ao eixo traseiro. Nos modelos em que os dois eixos traseiros contam com a tração, o caminhão é chamado de tracionado.

Seu comprimento é de cerca de 14 metros, sua capacidade de carga varia de 10 a 14 toneladas e seu peso bruto é de até 23 toneladas. Os produtos carregados normalmente no truck são:

– Carga frigorífica, observando o uso de baú com as devidas necessidades de refrigeração

– Carga viva, com o uso de carroceria boiadeira para animais de grande porte e de gaiolas para animais de pequeno porte

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Veículos pesados, como máquinas agrícolas, em carroceria tipo prancha

– Cargas sensíveis, desde que todos os cuidados de acondicionamento sejam adotados

– Medicamentos, com uso de baú fechado e bem isolado para evitar contaminações. É necessário observar também se há necessidade de refrigeração.

Carreta

As carretas são aquelas que contam com um cavalo mecânico, composto pela cabine do motorista e as rodas de tração, responsável pela força motriz do veículo, junto de uma segunda estrutura dedicada ao acondicionamento da carga. 

O cavalo mecânico pode ser utilizado nas mais diversas estruturas acopladas para carga. Esses módulos são chamados de semirreboques. 

Apesar de versátil, esse tipo de combinação conta com comprimentos e pesos máximos permitidos por lei, por isso é preciso manter-se atento à CMT dos caminhões para utilizá-lo. 

As cargas mais utilizadas em carretas são:

– Carga frigorífica, observando o uso de baú com as devidas necessidades de refrigeração

– Carga viva, com o uso de carroceria boiadeira para animais de grande porte e de gaiolas para animais de pequeno porte

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Granel sólido, com uso de carroceria aberta do modelo graneleiro ou grade alta

– Veículos pesados, como máquinas agrícolas, em carroceria tipo prancha;

– Cargas sensíveis, desde que todos os cuidados de acondicionamento sejam adotados

– Medicamentos, com uso de baú fechado e bem isolado para evitar contaminações. É necessário observar também se há necessidade de refrigeração

– Veículos comuns, desde que o semirreboque seja do modelo cegonheira. 

LS – Cavalo Mecânico Trucado

É um cavalo mecânico para carretas composto de um conjunto com eixo duplo, que distribui o peso do caminhão em mais rodas e aumenta o seu poder de carga. 

Os itens mais transportados nessa robusta opção são:

– Carga indivisível e de grandes dimensões, com carroceria tipo prancha

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Granel sólido, com uso de carroceria aberta do modelo graneleiro ou grade alta.

Caminhão Tanque

Trata-se de um tipo de caminhão com carroceria adaptada para o transporte de líquidos, seja no modelo de caminhão-pipa, de combustíveis, inflamáveis, entre outros. 

Voltado para itens como água potável, combustível, leite e semelhantes, esse é um modelo de transporte de produtos que atende apenas:

– Granel líquido.

Bitrem

O bitrem é um tipo de caminhão desenvolvido para ter grande capacidade de carga. 

Composto de 7 eixos, ele geralmente suporta o peso total bruto até 57 toneladas. Seus semirreboques variem entre os de cavalo mecânico trucado ou tracionados. 

Os produtos mais comumente transportados pelos bitrens são:

– Granel sólido, com o uso de contêineres ou carrocerias basculantes

– Carga frigorífica, observando o uso de baú com as devidas necessidades de refrigeração

– Carga seca, com carrocerias tipo baú ou sider

– Cargas sensíveis, desde que todos os cuidados de acondicionamento sejam adotados

– Medicamentos, com uso de baú fechado e bem isolado para evitar contaminações. É necessário observar também se há necessidade de refrigeração.

Você já conhecia os principais tipos de caminhões para transporte de produtos e quais os itens mais indicados para eles? Quer transportar as suas cargas com quem mais entende desse assunto? Então clique abaixo e solicite um orçamento sem compromisso!

Solicitar cotação

COMUNICADO

Estamos com problemas em nossa linha de atendimento na filial de Rio do Sul – SC.

Entrem em contato através dos números:

(47) 9 8856-3532 – Compras
(47) 9 950-0834 – Comercial
(47) 9 9950-0451 – Financeiro


Agradecemos a compreensão.

COMUNICADO

 

Estamos com problemas técnicos em nossas linhas de atendimento na filial de Guarulhos – SP.

 

Entrem em contato através dos números:
(11)9 4741-7052 – COLETA
(11)9 4017-3011 – COLETA


Agradecemos a compreensão.