Transporte de peças automotivas: o que você precisa saber?

16/10/2020 Imagem destaque

O transporte de peças automotivas é um processo que requer certos cuidados, desde a documentação necessária, até algumas informações relevantes para a execução da operação – como embalagens apropriadas, por exemplo.

Aliar segurança e praticidade é o que todos queremos na hora de transportar mercadorias, não é mesmo? Além disso, a integridade dos produtos e entrega dentro do prazo são mais alguns fatores que definem uma boa operação de transporte de cargas. Para isso, existem certas ações que precisam ser colocadas em prática.

E pensando no transporte de peças automotivas, preparamos este conteúdo. Com ele vamos esclarecer quais os pontos mais importantes para ficar atento na hora de transportar autopeças. Confira!

Documentação necessária para o transporte de peças automotivas 

A documentação básica para seguir viagem e levar peças automotivas até o destino definido são:

  • Carteira Nacional de Habilitação;
  • Documentos do veículo;
  • DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica);
  • DACTE (Documento Auxiliar de Conhecimento de Transporte Eletrônico);
  • RCTR-C (Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Cargas);
  • DAMDFE (Documento Auxiliar do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais);
  • CIOT (Código Identificador de Operação de Transporte).

Cuidados ao realizar o transporte de peças automotivas

Cada tipo de carga precisa de cuidados específicos para que a mercadoria chegue com total integridade ao local de destino, e possa ser usada para o fim pretendido. No caso de peças automotivas, os cuidados básicos para o transporte, incluem:

Embalagem adequada

Regra primordial para o transporte de cargas, não seria diferente quando se trata de peças automotivas. Então, nesse caso, as embalagens precisam considerar a fragilidade do item, para assim saber como protegê-lo de avarias, quebras, impactos, entre outros fatores que podem causar problemas e até inutilizar a peça.

Exemplo: chapas que serão utilizadas para a montagem da carcaça de um carro. Se no transporte, elas sofrerem avarias, pode ser que elas não possam mais ser usadas. Isso causa prejuízo tanto para o cliente, quanto para a empresa.

Logo, como autopeças se encaixam em transporte de carga frágil, é importante que as peças sejam enviadas em embalagens adequadas, capazes de absorver o impacto gerado pelo transporte e demais riscos devido a manipulação dos produtos.

Indicação detalhada da carga

Para garantir a manipulação correta das peças, especialmente quando existem outros tipos de produtos enviados em um mesmo veículo, deve-se indicar as peças do setor automotivo, como as pesadas ou frágeis, por exemplo.

Ou seja, para evitar que as mercadorias sejam danificadas, é fundamental deixar evidente quais os tipos de peças estão presentes na remessa e classificar cada embalagem conforme o peso, fragilidade, tamanho, forma certa para armazenar e tipo de empilhamento suportado.

Velocidade do veículo

É fato que a probabilidade de danos às cargas, é unha e carne com a velocidade do veículo. No entanto, peças automotivas não podem ficar sofrendo choques e batidas constantes, algo que é bem comum quando existe aceleração em excesso e frenagens constantes durante o transporte.

Ou seja, é muito importante instruir e esclarecer aos condutores, para que sigam a viagem em uma velocidade constante durante todo o trajeto, respeitando os limites da via e, claro, evitando freadas e curvas bruscas – as quais podem causar avarias nas cargas, devido aos impactos.

Manutenção do veículo

Outro ponto que caminha junto aos motivos da velocidade, é também a manutenção do veículo. Afinal de contas, se as frenagens já causam estragos, imagina o tamanho do problema em uma situação de acidente no percurso de transporte das peças automotivas.

Por isso, nunca é demais enfatizar que é importante fazer a manutenção da frota de caminhões e demais veículos usados para levar as mercadorias. Ações simples, como calibragem de pneus, faróis, freios, suspensão e alinhamentos, já fazem total diferença para a segurança na viagem.

Profissionais capacitados

A escolha de um parceiro confiável para o transporte das cargas, que garante uma logística de qualidade, faz diferença no transporte de peças automotivas, bem como demais tipos de cargas.

Investir em uma parceria com uma empresa de transporte e logística especializada, significa prezar pela qualidade e garantir mais tranquilidade, segurança e eficácia, na hora de mandar suas cargas para o destino estipulado.

Em um panorama geral, tanto falando de parceiros, como a equipe logística da sua empresa, precisam ser devidamente qualificados, desde o pessoal envolvido no carregamento, descarga e condução dos produtos. Com isso, é possível reduzir o potencial de acidentes, avarias e perdas durante as operações. 

E então?

Neste conteúdo pontuamos os cuidados fundamentais que devem ser tomados em relação ao transporte de peças automotivas. Elencamos as informações básicas que você precisa saber, incluindo a documentação necessária.

Esperamos que o conteúdo possa te ajudar a melhor alinhar os seus processos logísticos. Mas em caso de dúvidas, fique à vontade para entrar em contato conosco.

Vale ressaltar ainda, que todos os cuidados no processo de transporte de peças automotivas que citamos neste conteúdo, podem ser resolvidos ao escolher um parceiro logístico de qualidade. Se você quer saber se conta com um ou mais fornecedores logísticos confira nosso conteúdo sobre o assunto!

COMUNICADO

 

INFORMAMOS QUE A  UNIDADE DE
NAVEGANTES – SC FOI ALTERADA PARA O SEGUINTE ENDEREÇO:

 

Rua Ana Dalsoquio dos Santos, 102
CEP: 88311-562
Bairro: Salseiros
ITAJAÍ – SC

 

FONE: (47) 3224-1909 / (47) 3224-1910